Elija el país o región del cuál quiere ver el contenido específico de acuerdo a su ubicación

Continuar

Mariana Afonso evoluiu entre a elite mundial no TrialGP e Trial das Nações em Gouveia

21.09.2021

Mariana Afonso evoluiu entre a elite mundial no TrialGP e Trial das Nações em Gouveia

Com apenas 16 anos, Mariana Afonso competiu entre os melhores pilotos do mundo de Trial, este fim de semana, em Gouveia, num evento que juntou a decisão do Mundial de TrialGP e o prestigiado Trial das Nações (TDN). Jovem piloto de Viana do Castelo concluiu a Taça do Mundo de Trial2 Women no 12.º lugar e, no dia seguinte, representou a seleção de Portugal, que terminou o TDN no 8.º lugar.

Mariana Afonso evoluiu entre a elite mundial no TrialGP e Trial das Nações em Gouveia

O fim de semana em Gouveia tornou Portugal e a região da Serra da Estrela no epicentro mundial do Trial. Mariana Afonso, única piloto portuguesa que disputa a totalidade da Taça do Mundo FIM de Trial2 Women, culminou a sua época no Mundial, no sábado, e depois representou a seleção portuguesa no FIM Trial das Nações, no domingo.


Após as rondas da Taça do Mundo em Itália, França e Espanha, Mariana Afonso conseguiu o 14.º lugar na prova portuguesa, resultado que lhe permitiu terminar a competição na 12.ª posição, entre quase duas dezenas de concorrentes. No domingo, a jovem vianense juntou-se às suas companheiras da seleção de Portugal, Rita Vieira e Leonor Moreira, que terminaram o Trial das Nações no 8.º lugar da competição feminina, ganha pela seleção de Espanha.

Mariana Afonso evoluiu entre a elite mundial no TrialGP e Trial das Nações em Gouveia

“Foi um enorme orgulho participar neste evento fantástico no meu país”, começou por afirmar Mariana Afonso. “No sábado senti-me bem durante toda a prova e penso que até podia ter terminado um pouco mais acima na classificação. Foi mais uma época de muita aprendizagem e evolução na Taça do Mundo, onde estou sempre em competição com as melhores pilotos do mundo da minha categoria. No domingo, demos o máximo por Portugal e queríamos um resultado final melhor, mas acima de tudo é sempre uma emoção especial representar o meu país. Foi o meu segundo Trial das Nações e espero voltar a ter esta oportunidade no próximo ano”, concluiu a jovem piloto portuguesa, que esta época já conseguiu pódios no Campeonato de Espanha e no Campeonato Nacional de Trial.