Escolha um páis para receber um conteúdo específico da sua região

Continuar

MOTUL E HONDA CONQUISTAM O DAKAR 2021

15.01.2021

Depois de duas semanas difíceis nos terrenos mais difíceis da Arábia Saudita, lutando por mais de 7.500 km de areia, poeira e pedras usando experiência, determinação, adrenalina e com muito pouco sono, a equipe de fábrica Powered by Motul Monster Energy Honda dominou o maior Dakar em 2021 e hoje emergiram como conquistadores do deserto. Todos na Motul enviam os seus mais calorosos e sinceros parabéns à Honda e a todos os membros da equipa HRC.

Kevin Benavides (ARG) da Honda e o vencedor do ano passado Ricky Brabec (EUA) terminaram um impressionante 1-2 na categoria de motos, para celebrar o primeiro pódio duplo da Honda desde 1987! Foi a primeira vitória de Benavides, que derrotou Brabec por apenas quatro minutos após 12 etapas, com o americano correndo em alta velocidade na etapa final para garantir o segundo lugar geral ao Sunderland da KTM. Em sua 5ª participação no Dakar, o argentino se torna o primeiro sul-americano a vencer a categoria e, entre eles, a dupla soma 10 vitórias de etapas para a Honda, com a Motul ao lado a cada volta do volante.

Em um evento onde apenas os mais resistentes, confiáveis ​​e de melhor desempenho sobrevivem, as motos Honda CRF450 Rally da HRC correram por todo o Dakar com o fluido de freio RBF 700 e 300V Off Road 15W-60 da Motul. Estes foram testados rigorosamente para oferecer os mais altos níveis de desempenho, qualidade e proteção máxima.

O Dakar 2021 foi extremamente bem-sucedido para muitas das equipes parceiras da Motul em termos de resultados, com outro pódio duplo na categoria SSV também indo para inscrições apoiadas pela Motul, do time de fábrica do South Racing Can-Am. Austin Jones e seu co-piloto brasileiro Gustavo Gugelmin conquistaram o segundo lugar geral nas dunas sauditas e terrenos rochosos, enquanto Aron Domzala e Maciej Marton fecharam o pódio na terceira posição.

A categoria ‘Original by Motul’ foi, naturalmente, uma parte importante do envolvimento da Motul no Dakar, com ajuda e apoio especiais para os corajosos e gladiadores pilotos que competem na implacável categoria de malle-moto sem assistência ou apoio. O piloto lituano Arunas Gelazninkas aceitou o desafio e venceu o rali mais difícil do mundo para a equipe Zigmas Dakar em uma moto Replica KTM Rally.

A categoria Quad também foi muito disputada este ano, entre o campeão do Dakar 2019 Nicolas Cavigliasso, o francês Alexandre Giraud e o argentino Manuel Andujar, todos se utilizando do óleo de competição Motul 300V Off Road 15W-60. No final da última etapa, foi Manuel quem levou para casa a primeira vitória geral no Dakar.

Por último, a categoria de diesel de estoque T2.2 foi conquistada por Akira Miura da Toyota Auto Body e seu copiloto, Laurent Lichtleuchter, em seu motor stock e powertrain Toyota Land Cruiser que opera com 300V Mortorsport Line 15W-50.

Agora é hora de tomar um banho, dormir um pouco e começar a planejar o Dakar 2022, quando esperançosamente mais pessoas poderão voltar ao evento para competir, assistir ou apoiar. O relógio já está correndo!

As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies. Mais informações